sexta-feira, 15 de junho de 2012

Quando o jornalismo vale à pena!

 “Trabalhar pelo que se ama é amar aquilo em que se trabalha”. (Leon Tolstoi)

O jornalismo só vale a pena quando muda a vida de alguém
Para mim, o jornalismo só faz sentido quando consegue mudar a vida de alguém. Para um repórter, saber que sua matéria repercutiu e foi capaz de atingir um objetivo é sempre motivo de muita alegria. O jornalismo só contribui com a sociedade quando uma reportagem deixa de ser apenas mais uma para se transformar em um instrumento de transformação. Algo útil para a comunidade.

Esta semana, fiz uma matéria mostrando o drama de uma mulher, de 53 anos, que precisou levar cinco pontos na cabeça e descobriu um coágulo ao cair da garupa de uma moto por causa de um buraco, no bairro São José. Ela trabalhava como diarista e vai ter que ficar 180 dias parada por recomendação do médico. A quantidade de medicamentos que ela está tomando impressiona. A mulher está dependente dos filhos.

Depois que a reportagem foi para o ar, fiquei sabendo que a Prefeitura, por meio da Secretaria de Ação Social, se comprometeu a visitá-la e prestar os atendimentos necessários. Me enchi de alegria quando soube e espero que, realmente, cumpram a promessa.

O jornalismo é capaz de gerar o bem!
Em outra matéria que fiz há quase um mês, sobre as novas regras que definem a classe média no Brasil, fui até a casa de uma família de nove pessoas que sobrevive uma renda mensal de R$ 600,00. Apenas uma pessoa trabalha na casa. A dispensa estava praticamente vazia quando fui ao local. A ideia do VT era mostrar que apesar de toda a discussão em torno da nova classe média, um outro grupo de pessoas, as mais pobres, precisavam de um incentivo por parte do governo. A especialista ouvida na reportagem acredita que os dados divulgados não passam de estatísticas para “encher a bola” do País, enquanto a realidade é completamente diferente.

Hoje fiquei sabendo que depois que a matéria foi para o ar, muitos telespectadores ligaram na TV para saber o endereço da família. Não sei se eles chegaram a receber algum tipo de ajuda, mas penso que o simples fato da reportagem ter motivado as ligações já mostram uma mudança de comportamento. Mostram o lado humano das pessoas. Isso é fantástico.

É muito bom saber que o jornalismo gera o bem. Apesar das notícias ruins que, infelizmente, temos que dar, muitas vezes, a informação por si só é capaz de fazer o cidadão pensar, refletir e opinar. Clóvis Rossi tinha mesmo razão: o jornalismo é a melhor profissão do mundo.

8 comentários:

Thiago Vasconcelos disse...

Fico até sem palavras pra comentar algo desse texto!
Concordo com tudo o que disse meu irmão...bom saber que o trabalho que faz consegue mudar a vida de uma pessoa! Sensacional!
Com certeza o jornalismo é a melhor profissão do mundo!
Parabéns pelo grande profissional que é...Abraço!

LUCAS MATHEUS disse...

Obrigado pelas palavras e pela visita, Thiago. O jornalismo é uma das ferramentas com as quais a sociedade pode contar para começar a transformação que tanto almejamos. Abraço!

Lucélia Muniz França [LUTO] disse...

Parabéns pelo Blog e pela belíssima profissão... somos felizes quando somos apaixonados pelo o que fazemos! Também participo da Cia dos Blogueiros!!! Um Abraço!
http://www.luceliamuniz.blogspot.com.br/

LUCAS MATHEUS disse...

Oi Lucélia! Obrigado pela visita. Volte sempre. Abração!

Luciana Madeira disse...

Parabéns Lucas Matheus pelo trabalho que você tem feito, realmente tem que ser com muito amor e dedicação, muitas barreiras encontrará pela frente para que você desista, mas siga em frente pois o talento que você tem foi um presente de Deus e nunca desista pois você tem um uma carreira brilhante que te espera, mas é no tempo certo na hora certa estará tudo em suas mãos! Deus abençoe você sua família sua carreira. Abraços... Luciana

LUCAS MATHEUS disse...

Oi Luciana! Muito obrigado pela visita e por suas palavras. Fico feliz em saber que tem acompanhado o meu trabalho. É isso que me motiva! O jornalismo é uma verdadeira missão. Trabalhamos por vocês, pela sociedade. Volte sempre ao blog. Abração!

Laercio de macedo disse...

Muito bom , acredito que mesmo sendo Jornalista , vcs tbm tem um lado social , levando a população a conheçer as necessidades do proximo ... abrs amigo ..
Laercio de macedo

Lu Zani disse...

Depois de ler o seu texto apenas duas palavras vieram-se à mente: RESPONSABILIDADE SOCIAL!
É gratificante trabalhar em nome dela.
Que o nosso trabalho continue gerando o bem.
Beijão, Luquinhas